29
03.01.2018 • Febrafite

Fonacate e Febrafite protocolam representação contra Marun

O Fórum Nacional das Carreiras de Estado (Fonacate) e entidades filiadas, entre elas a Febrafite, protocolaram nesta terça-feira (2), representação na Comissão de Ética Pública da Presidência da República contra o secretário de Governo, Carlos Marun.

O objetivo da ação é combater a suposta tentativa do ministro de coagir governadores e parlamentares, de atrelar a liberação de recursos da Caixa, entre outros bancos oficiais, ao apoio à reforma da Previdência.

No documento, as entidades dos servidores classificam a atitude de Carlos Marun como “máximo do escárnio e uso da máquina pública de maneira totalmente inconstitucional, ilegal e contrário a qualquer resquício de ética pública”.

O presidente da Febrafite Roberto Kupski participou do ato no Palácio do Planalto. Para ele,  as“ações de governo são antidemocráticas e inadmissíveis, para extrair alinhamentos políticos, agora escancaradas, um dos motivos para finanças estaduais estarem nessa penúria”.

A ação repercutiu em vários jornais do país, com destaque às manifestações dos presidentes do Fonacate, Rudinei Marquers, e o presidente da Febrafite Roberto Kupski; confira alguns exemplos:

Correio Braziliense

Congresso em Foco

Valor Econômico

Portal G1

MS Notícias

Jornal Flagrante em Manaus

Assista ao vídeo com a manifestação dos dirigentes:

OUTRAS NOTÍCIAS

19.01.2018 • Febrafite

Febrafite na imprensa | Standard & Poors: muito barulho por quase nada

  O jornal Correio Braziliense desta sexta (19) publicou artigo do...

SAIBA MAIS +
19.01.2018 • Febrafite

Afresp discute próximos passos para Febrafite Saúde

Regras e procedimentos que deverão garantir a estabilidade financeira e...

SAIBA MAIS +
12.01.2018 • Febrafite

Folha de S. Paulo: Presidente da Febrafite publica artigo sobre reforma da Previdência

O presidente da Federação Brasileira das Associações de Fiscais de...

SAIBA MAIS +
11.01.2018 • Febrafite

Dezoito Estados assinam renegociação de dívidas

  A renegociação entre Estados e União em junho de 2016...

SAIBA MAIS +